Livro brasileiro quer ultrapassar a marca de Harry Potter

Alguns cálculos apontam que o livro Harry Potter e a Pedra Filosofal vendeu 1 milhão de exemplares dentro do território brasileiro (1.000.000!!!!). Este número é muito difícil de cravar; as fontes divergem, as vendas são mais rápidas que as pesquisas e, enfim, quem está contando?

O primeiro é de graça. Mas só aqui.

Um livro para chamar de seu está a dois cliques de você.

A ideia é assumir a marca do milhão como sendo a minha meta. E, apesar do título levemente megalomaníaco (quem já é meu leitor, não deve se surpreender com o exagero) trata-se apenas de um humilde auto-desafio. Uma marca a ser perseguida.
Binno OXZ nasceu para ser mais lido do que o Harry Potter é vendido no Brasil.

E aí você diz:
– “Pera aí! Você quer vender mais que meu amado-incomparável-idolatrado Harry? Tá maluco?!?!?!”
E eu respondo:
– “Mais ou menos”.
Você:
– “Mais ou menos maluco?
E eu:
– “Também! Mas eu me referia a primeira parte da pergunta. Não é verdade que eu espero vender mais que o supra-amado HP. Mas, quero distribuir tanto quanto ele vende. O que, convenhamos, é mais fácil.”
Então a história é assim: hoje, OXZ e o Clã, primeiro livro da série OXZ tem algo em torno de 15 mil leitores registrados. Metade destes compraram os livros já no formato digital. Outra metade, adquiriram exemplares físicos.
Falta muito para o milhão, eu sei.
Mas, agora tem novidade.
O livro está disponível para download, de graça.
Repetindo:
De.
Graça!
De graça.
baixar.
Free.
Então, este post é justamente para convidar você a trazer o milhão para mais pertinho, como a força de seus cliques.
Vai ser ótimo para quem já é fã da série e gostaria de ver essa história acontecendo em outras plataformas.
Vai ser lindo para quem torce pela ficção brasileira.
Vai ser incrível para este autor, que riscará este número da sua lista de objetivos.
Então, vamo lá:
O livro OXZ e o Clã está disponível para download, na faixa, de graça, 0800, free, nenhum mísero centavinho de real…
15001; 15002; estou contando.
Você está convidado a contar também. Aqui, por este blog, pela fanpage Binno OXZ, ou pelo instagram @fabiohenckel, vou manter os números atualizados.
É uma pretensão sem tamanho divulgar esta intenção? É!
Vai ser difícil?
Ô!
Mas, vai ser legal?
Vai.

 

O primeiro é de graça. Mas só aqui.

Um livro para chamar de seu está a dois cliques de você.

 

COMO NÚMERO POUCO É BOBAGEM aqui embaixo, vai de presente a lista dos 11 livros mais vendidos de todos os tempos, em todo o mundo.

11
Décimo primeiro
Código da Vinci. De Dan Brown

Com 80 Milhões de exemplares vendidos, o Código da Vinci foi lançado em 2004. Trata-se de um best seller polêmico, em especial pelo questionamento da divindade de Jesus Cristo. Dan Brown, o autor, é um escritor norte-americano, que se especializou em escrever thrillers acelerados que unam arte, história e um mistério a ser resolvido com o amplo e admirável intelecto de seu personagem central, Robert Langdon, que também está presente nos livros Anjos e Demônios, O Símbolo Perdido, Inferno e Origem. Personagem este vivido seguidamente por Tom Hanks nos cinemas.

10
Décimo
O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa. De Clive Staples Lewis.

Este romance juvenil está consolidado no top ten com 85 milhões de cópias vendidas. O livro de literatura fantástica foi publicado em 1950, mas escrito em meados de 1940. É o primeiro e mais conhecido livro da série intitulada As Crônicas de Nárnia. Apesar primogênito, é na verdade o segundo na ordem cronológica dos acontecimentos da série. Ele conta a história de 4 irmãos, que após fuga dos bombardeios em Londres, durante 2ª Guerra Mundial, descobrem uma passagem secreta, dentro de um guarda-roupas, para um universo fantástico onde um leão e uma feiticeira se estapeiam pelo controle do mundo.

9
Nono
Ela, a Feiticeira. De Henry Rider Haggar

O livro Ela, a Feiticeira é de 1887, do escritor inglês Henry Haggard, autor também do livro famoso As Minas do Rei Salomão, e ocupa a nona posição desta seleção por ter atingido a impressionante marca de 85 milhões de exemplares vendidos. A história trata das aventuras do professor Horace Holly e o pupilo Leo Vincey. Ambos ao seguir coordenadas registradas em objeto do pai de Leo, vão para uma região inexplorada, localizada pelo interior da África.

Sim, heróis como Indiana Jones e Tomb Raider andaram bebendo desta água também.


8
O primeiro OITAVO lugar
O Sonho da Câmara Vermelha. De Cao Xueqin

O livro é uma obra clássica da literatura chinesa. E já vendeu 100 milhões de cópias. Foi escrito em meados do Século XVIII, durante a Dinastia Qing, e tem sua autoria atribuída a Cao Xueqin. Esta obra é reconhecida como o ponto mais alto dos romances clássicos chineses. “Vermelhologia” é o campo de estudo dedicado exclusivamente a esta obra. Acredita-se que o conteúdo da história seja semiautobiográfica descrevendo o destino da própria família do escritor. Ou seja, podemos entender como uma fofoca muitíssimo bem escrita.
Como o autor detalha no primeiro capítulo, o livro se destina a ser um memorial para as mulheres que ele conheceu em sua juventude: amigas, familiares e serviçais.

 

7
O segundo OITAVO lugar
E não sobrou nenhum. De Agatha Christie.

Antes de falar do livro, vamos refletir sobre a autora. Se somarmos os livros desta senhora de nome Agatha Christie, esta inglesa só fica atrás da Bíblia (que exclui da lista por hors concours) Com 100 milhões de cópias vendidas, sua história trata de 10 pessoas desconhecidas em mansão na ilha de Devon, convocadas por um casal misterioso.
O título original da obra gerou polêmica pelos EUA, ‘Ten little niggers’, foi traduzido no Brasil como ‘O caso dos 10 negrinhos’.
Hoje, só pode ser adquirido com o título ‘E Não Sobrou Nenhum’. E é muitas vezes citado como o melhor livro de suspense de todos os tempos.
Nesta pérola do romance policial ela explora seu estilo, onde nenhum detalhe está fora do lugar. A trama se constrói sobre elementos incríveis, como a ilha deserta e isolada, a grande mansão e os convidados mutuamente suspeitos.Outro fator que atesta a importância e a força desta ambientação é que os elementos utilizados por Aghata Christie tornaram-se alguns dos lugares-comuns mais visitados de toda a ficção policial em filmes e seriados.
Depois de ‘E não sobrou nenhum’, todo romance policial quis ser ‘E não sobrou nenhum’.

 

6
O terceiro OITAVO lugar
O Hobbit. De J. R. R. Tolkien

Uma história com 80 anos que se mantém popular com o passar dos anos e é reconhecida como um clássico da literatura infantil. Neste livro, o personagem central é o hobbit Bilbo Bolseiro. Ele vive muito tranquilo até que o mago Gandalf e uma companhia de anões o levam numa expedição para resgatar um tesouro guardado por Smaug, um dragão enorme e perigoso. Pegou o clima, né? Vamos continuar falando sobre Terra Média logo ali na frente.

O Hobbit - J. R. R. Tolkien

5
O Quinto
Harry Potter e a Pedra Filosofal. De J. K. Rowling

É o primeiro livro da saga Harry Potter, que viria a se tornar uma febre e carregar uma legião de fãs no mundo todo, mudando para sempre a história da literatura. A frente de sete livros e oito filmes, este primeiro já vendeu 107 milhões de cópias no mundo.

Caso você esteja chegando agora de marte, lá vai uma sinopse: Harry Potter é um garoto cujos pais, feiticeiros, foram assassinados por um poderosíssimo bruxo quando ele ainda era um bebê. Ele foi levado, então, para a casa dos tios. No dia de seu aniversário de 11 anos, Harry descobre sua verdadeira história e seu destino: ser um aprendiz de feiticeiro até o dia em que terá que enfrentar a pior força do mal, o homem que assassinou seus pais.

Harry Potter e a Pedra Filosofal - Vol 1 - J.K. Rowling

 

4
O Quarto
O Pequeno Príncipe. De Antoine de Saint-Exupéry

Esta obra é de 1943 é conhecida por sua mensagem é universal para qualquer idade. É o livro na língua francesa, mais famoso pelo mundo, e passou a marca de 140 milhões de cópias comercializadas, com publicação em mais de 160 idiomas e dialetos, sendo a terceira obra mais traduzida do mundo, atrás da Bíblia e de O Peregrino.
Suas páginas abrigam lições sobre a solidão, a amizade, o tempo, a vida e a morte, compartilhadas por meio do pequeno habitante do asteroide B 612. Apesar de escrito e narrado por um adulto, ‘O Pequeno Príncipe’ se dirige, desde suas primeiras linhas, às crianças. É, na verdade, uma ode à infância, uma delicada viagem a esse planeta que aos poucos abandonamos, vivendo em prol das nossas vaidades, vícios, obrigações, números e demais coisas ‘sérias e importantes’.
O Pequeno Príncipe - Antoine de Saint-Exupèry

3
Os Terceiros (sim, são 3 de uma única vez)
O Senhor dos Anéis. De J. R. R. Tolkien

Isso mesmo! O mesmo inglês conseguiu não apenas entrar nesta lista duas vezes. Mas, na segunda vez, fez isso com três livros de uma só vez. Isso porque seu maior sucesso foi originalmente criado para ser uma única publicação. Mas, foi comercializada em 3 volumes, juntos. E mesmo assim, atingiu a marca de 160 milhões de exemplares vendidos, tornando-se um dos trabalhos mais populares da literatura do século XX.
Num universo dividido por humanos e seres míticos, é descrita a saga de Frodo para destruir o anel.

Resultado de imagem para senhor dos aneis

 

2
O Segundo
Um Conto de Duas Cidades. De Charles Dickens

Com 200 milhões de cópias vendidas. É Repleto de aventura, romance e tragédia, o livro teve como inspiração a obra História da Revolução Francesa, a história trata dos efeitos desta revolução na Inglaterra, através de personagens românticos, apontando como a luta por liberdade pode se transformar, de maneira irônica, em própria tirania.

Um Conto de Duas Cidades - Charles Dickens

 

1
O Primeirão (e de lavada)
Dom Quixote. De Miguel de Cervantes

Este livro é vendido desde 1615 até os dias atuais. Trata-se de um clássico da literatura mundial, e maior expoente da literatura espanhola. 500 milhões de exemplares vendidos que narram a história de um ingênuo senhor rural cujo passatempo favorito era a leitura. Na sua obsessão, acreditava literalmente nas aventuras escritas e decide tornar-se um cavaleiro andante. Suas viagens sucedem-se sob a alucinação de que estava vivendo na era da cavalaria; pessoas que encontrava nas estradas pareciam-lhe como cavaleiros em armas, damas em apuros, gigantes e monstros; até moinhos de vento na sua imaginação eram seres vivos. Combatendo as injustiças, o personagem enfrenta situações penosas e ridículas, mantendo, porém, uma figura nobre e patética.
Se precisa escolher um livro para ler depois de Binno OXZ, escolha esse. É uma obra formadora de personalidade. Acredite.

Dom Quixote - Miguel de Cervantes

Ah.
Para relembrar.
Ainda estou esperando você baixar seu exemplar de OXZ e o Clã. Faltam apenas 984.999 leitores. Seja um deles.
Já leu o OXZ? Comenta aqui embaixo.
E o que você achou desta lista? Alguma injustiça? O que você mudaria?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *